Jovem Pan Online - RSS

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

SEGUNDONA BRAVA - Temporada 2015 tem data para começar: 19 de abril

Cláudio Messias*

A Federação Paulista de Futebol reuniu representantes de agremiações interessadas na disputa da Segunda Divisão do Campeonato Paulista 2015. O encontro aconteceu na tarde dessa quarta-feira, em São Paulo, e serviu para apresentação das diretrizes do torneio, previsto para começar em 19 de abril.

Terminado o denominado conselho técnico da Segundona os clubes ganharam prazo para apresentar formalmente a documentação exigida pela Federação. Aqueles que até 11 de fevereiro tiverem situação regular entram na disputa. Onze de fevereiro também é conhecido como quarta-feira da semana que vem.

De acordo com o Departamento de Competições da Federação, no dia 12 de fevereiro já será lançada a lista dos clubes em disputa. A tendência é que haja pouca alteração na configuração atual da Segunda Divisão, que tem 39 clubes filiados.

Assis terá representação na Segundona deste ano. Vocem e Atlético Assisense estão filiados e devem confirmar inscrição para a disputa.

Aos poucos a Federação Paulista de Futebol dá indícios de que realmente mudará a forma de gestão dos torneios que organiza, principalmente com a posse, em abril, do atual vice-presidente Reinaldo Carneiro Bastos. Ele próprio comandou o arbitral dessa quarta-feira, com representantes da Segundona. Seu recado é claro: quer disputar futebol profissional, profissionalize-se.

Reinaldo estabeleceu seu jeito de administrar a Federação ao, no final de 2014, determinar que os clubes inscrevam somente 28 atletas para a disputa dos torneios organizados pela instituição. É aberta somente uma exceção para novas contratações, na segunda fase, ainda assim limitada a 4 contratações extras, mediante igual número de dispensas.

Essa limitação de 28 jogadores inscritos atende a cobrança do movimento Bom Senso Futebol Clube, que entende essa estratégia como inibidora de clubes que incham seus quadros de atletas para depois dispensar parte do elenco, muitas vezes sem cumprimento de compromissos financeiros.

Vale ressaltar que na disputa da Segunda Divisão os clubes podem inscrever somente jogadores com idade abaixo de 23 anos. O regulamento do torneio abre somente três exceções, de maneira que jogadores acima dessa idade sejam minoria e, assim, a competição sirva de janela de revelação de novos talentos.

O conselho técnico foi presidido por Reinaldo Bastos: cobrança por profissionalismo

Representantes dos clubes interessados na disputa da Segundona agora têm prazos


* Professor universitário, historiador e jornalista, é mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela ECA-USP.